segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Tudo Como Dantes...

No quartel de Abrantes, enfim a senhora Dilma foi eleita a primeira mulher presidente deste país tupiniquim, esperamos que não repita o mal feito da senhora governadora do meu estado, Yeda Crusius, que com a proposta de um jeito novo de governar, levou o RS ao buraco.

Vendo a vitória de Dilma e de Tarso, faço um retorno ao passado onde tínhamos crenças de um país justo, democrático, laico e que respeitasse a diversidade que é explicita no Brasil.Ao mesmo tempo fica aquela pulguinha atrás da orelha, que cria receios de estarmos diante do “ouro de tolo”.

Milhões de pessoas depositaram nessa eleição suas convicções e crenças, outras tantas se decepcionaram com o rumo desta campanha política, mas creio que o rescaldo será bom, afinal depois de um grande incêndio, se constatar que há sobreviventes, sempre nos faz refazer as energias.

Resta-nos agora ficarmos atentos, e não esquecermos em quem votamos e sempre que possível cobrar promessas e lutarmos para que nossos direitos sejam respeitados. Oxalá tudo seja para melhor.